1999

conteudo-1629

O bloco Os Mascarados surge no Carnaval através de Margareth Menezes, como uma homenagem ao aniversário de 450 anos da cidade de Salvador. O desfile ganhou fãs e admiradores e no ano seguinte virou bloco de Carnaval. O motivo de tanto sucesso foi que Os Mascarados resgatou o uso das fantasias e a alegoria dos antigos festejos da folia momesca para as quintas-feiras do circuito Dodô.
Em 2001, Os Mascarados teve que repetir a dose no sábado, para atender a demanda de associados que procuraram pelo bloco. Mas foi em 2008, ainda sob o comando de Margareth, que o blobo sofreu sua primeira grande mudança. O bloco de uns, virou de todos. Foi a partir deste ano que o desfile deixou de ser comercializado. Para participar, bastava estar fantasiado, o resultado: quem estava no circuito da folia viu um sucesso. E contou até com aqueles que não saíram de casa fantasiados, trazendo para dentro das cordas os foliões da pipoca, que mantinham a tradição de usar alegorias. No mesmo ano, Margareth comemorou seus 20 anos de carreira e relançou um dos seus maiores sucessos, a música Faraó.
Em 2009, depois de repertir o sucesso de 2008, Margareth, após 10 anos de madrinha, deixa o projeto e passa a se dedicar a outras metas profissionais, sobretudo, o Movimento AfroPop Brasileiro.

1999