A intérprete participa como vocalista do bloco 20 Vê, que se apresentava no Projeto Astral, em Salvador, para cerca de cinco mil pessoas, ao lado de Geraldo Azevedo, Gerônimo, entre outros. Margareth Menezes recebe, a partir daí, o convite para se apresentar no VIII Festival de Música do Caribe, realizado em Cartagena, na Colômbia, ao lado de Pepeu Gomes. Os dois foram eleitos os melhores do festival.
De volta ao Brasil, recebe o convite de Djalma Oliveira, em 1987, para fazer uma participação em seu single, lançado como LP, onde interpretaram o primeiro samba-reggae gravado no Brasil, Faraó – Divindade do Egito, música de Luciano Gomes, vendeu mais de 100 mil cópias.